Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/11/18 às 10h17 - Atualizado em 20/11/18 às 14h49

Saúde amplia público beneficiado com repelente gratuito

 

Agora, mais pessoas podem contar com mais esta proteção.

 

A Secretaria de Saúde ampliou a distribuição de repelentes para outros grupos de pacientes da rede, além das gestantes atendidas pelo Bolsa Família. Agora, qualquer mulher grávida acompanhada pelo Sistema Único de Saúde (SUS), agentes comunitários de saúde e de vigilância ambiental, mulheres com idade entre 14 e 44 anos e idosos acima de 60 anos também podem retirar o produto na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima.

 

“Após análise da distribuição dos repelentes, ao longo de 2018, na atenção primária e nos grupos em situação de risco no Distrito Federal, ampliamos a distribuição de repelentes, já que ainda temos o produto em estoque”, detalha a diretora de Áreas Estratégicas da Atenção Primária, Aline Reis.

 

Repelente gratuito pode ser retirado nas UBSs.

 

PROTEÇÃO – Atualmente, a Secretaria de Saúde tem 60.380 frascos no estoque central. Os repelentes são comprados pelo Ministério da Saúde e começaram a ser distribuídos para as grávidas do Bolsa Família, em março do ano passado, com o objetivo de reduzir os índices de doenças relacionadas ao mosquito Aedes aegypti, como zika, dengue e febre chikungunya.

 

Para ter acesso ao repelente, basta que as pessoas que têm direito procurem uma UBS portando documentos pessoais e faça a retirada.

 

Alline Martins, da Agência Saúde

Fotos: Brito/Arquivo SES