Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/02/18 às 20h21 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Saúde apresenta a empresas projeto para modernizar telefonia

COMPARTILHAR

Em audiência pública, participantes sugeriram alterações no processo elaborado pela pasta

BRASÍLIA (19/2/2018) – A Secretaria de Saúde apresentou, nesta segunda-feira (19), em audiência pública para representantes de empresas e da sociedade organizada, o modelo do serviço que pretende contratar para modernizar e reduzir os custos com telefonia em toda a rede pública de saúde do Distrito Federal.

Segundo o coordenador especial de Tecnologia da Informação da pasta, José Guilherme Ribeiro, o resultado da audiência foi positivo, porque os participantes puderam expor seus pontos de vista a respeito do processo. Inclusive, sugerindo alterações no pregão eletrônico.

“Vimos que se o edital fosse para a rua sem discutir com a sociedade organizada, teríamos problema na execução porque, como eles mesmo colocaram, vieram armados para contestá-lo. Agora, já não estão mais. Eles entenderam que estamos trabalhando seguindo os princípios do edital, sendo razoáveis, econômicos, isonômicos, eficientes e transparentes”, disse Ribeiro.

Entre as sugestões das empresas, a mais citada foi a possibilidade de separar a licitação em dois processos: um sobre os serviços de telefonia e outro específico para a tecnologia VoIP – que transforma sinais de áudio analógicos, como em uma chamada, em dados digitais. A medida seria importante, na avaliação deles, porque são dois serviços diferentes, apesar de complementares.

“Pedimos a audiência pública justamente para pôr à prova o nosso modelo. Muito do que falaram já sabíamos e vimos, mas, como somos um órgão público, temos que evitar essa visão unilateral. Ela precisa ser colocada à prova e que as empresas consigam corroborá-la”, ressaltou o coordenador. 

A previsão inicial é que o edital seja publicado até 40 dias após a audiência, depois que as contribuições feitas pelas empresas forem avaliadas. Caso não tenha nenhuma interrupção na chamada pública, será possível fazer a contratação do novo serviço. A expectativa é que em cerca de três meses todo o processo seja finalizado.

MELHORIAS – Entre as melhorias propostas pelo modelo da Secretaria de Saúde estão: comunicação gratuita entre as 240 instituições da pasta; áudio-conferência entre as unidades de saúde; e uma plataforma autogerenciável para medir os serviços mais utilizados, a exemplo do VoIP.

De acordo com representantes da Secretaria de Saúde, a tecnologia VoIP também ajudará a reduzir o custo em ligações. Atualmente, cerca de 80% da comunicação da pasta é feita entre suas próprias instituições. “Com o VoIP não precisaria ter um canal telefônico chegando em cada hospital. Poderia ter só um canal, por exemplo, na sede da Secretaria, que forneceria telefonia para todos os demais hospitais do DF”, informou Ribeiro.

A modernização de toda a telefonia da rede pública de saúde do DF segue uma recomendação do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF).

Leia também...