Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/12/18 às 11h04 - Atualizado em 21/12/18 às 14h29

Saúde aprimora valorização do servidor

 

InovaSES: I Mostra de Experiências Inovadoras do SUS-DF. Foto: Breno Esaki

 

 

O ano de 2018 foi de voltar os olhares para quem faz a Secretaria de Saúde, ou seja, para os mais de 30 mil servidores que se esforçam para atender ao cidadão nos mais diversos canais da rede pública de saúde do Distrito Federal. A valorização da mão de obra foi a palavra de ordem, dentro de projetos como o Inova SES e o Valoriza SES.

 

O primeiro grande passo, porém, foi dado ainda em dezembro de 2017, com a entrega de premiações da I Mostra de Experiências Inovadoras do SUS-DF. Foram apresentados 193 projetos, selecionados entre 575 inscritos.

 

“Foi logo depois da Mostra que veio a ideia de fazer a Rede Inova SES, tendo como base o InovaGov, do Governo Federal”, lembra a coordenadora de Inovação e Gestão do Conhecimento da Subsecretaria de Gestão de Pessoas, Márcia Blumm.

 

Dos 575 trabalhos inscritos, 193 foram selecionados. Foto: Mariana Raphael

 

O Inova é uma rede formada pela conexão de múltiplos atores, unidades organizacionais e outras instituições governamentais e não governamentais parceiras e atuantes na Secretaria de Saúde, com objetivo de fomentar e viabilizar a inovação com foco na valorização das pessoas, no conhecimento e no compromisso com os resultados do SUS no Distrito Federal.

 

Os resultados deste primeiro ano estão sendo levantados pela área e serão apresentados no primeiro encontro, em 13 de dezembro. Entre eles está a incubação de projetos escolhidos no prêmio Saúde Cidadã (saiba mais: http://www.saude.df.gov.br/experiencias-inovadoras-do-1o-premio-saude-cidada-poderao-ser-replicadas/), dentro do laboratório de inovação. “Os três primeiros colocados foram para o laboratório e formatados para poderem ser replicados para outras unidades”, destaca Márcia.

 

Prêmio Saúde Cidadã valorizou iniciativas de servidores. Foto: Mariana Raphael

 

VALORIZAÇÃO – Também implementado neste ano, o Valoriza SES tem princípio semelhante: promover ações de valorização do servidor que impliquem na melhoria de serviço prestado à população.

 

“Ele começou pela necessidade de aproximação da Secretaria de Saúde com seus servidores e por isso abordou várias vertentes. Teve cinco grandes entregas, entre elas o Programa de Preparação para Aposentadoria e o restabelecimento da gratificação de titulação, que estava suspensa desde 2014, e o diagnóstico dos motivos de evasão dos servidores”, destaca a gerente do projeto, Bárbara de Faria Rocha.

 

Entre as ações desenvolvidas pelo Valoriza, cabe destacar a entrega dos títulos pérola e prata da casa, que homenagearam os servidores que há muitos anos servem a saúde pública do DF.

 

 

APOSENTE BEM – Um dos programas dentro do Valoriza, o Aposente Bem ajuda servidores a enfrentar melhor o processo de aposentadoria. O programa atua sobre cinco diferentes áreas, entre elas, a educação.

 

“Neste primeiro ano, tivemos duas turmas com participação de 24 servidores. Na primeira turma, tivemos 20 horas de curso, em cinco manhãs e, depois de solicitações, dobramos a carga horária para a segunda turma”, ressalta o responsável pelo projeto, Cristian da Cruz Silva.

 

Ele destaca, ainda, que a avaliação do curso e dos instrutores foi bem positiva. “A avaliação foi feita pela Escola de Governo e a média de ambos ficou entre 9,44 e 9,98”, conta Cristian, lembrando que as inscrições para a próxima turma já estão abertas e as aulas serão realizadas em fevereiro e março do ano que vem.

 

GETIT – A gratificação, parcela remuneratória vinculada à apresentação de diploma de doutorado, mestrado e graduação e certificados de pós-graduação lato sensu e ensino médio, estava suspensa desde 2014.

 

Ao longo de 2018, foram realizadas, até o fim de novembro, 6.701 análises, sendo que 4.828 foram concedidas e as demais não foram lançadas por diversos motivos. “Isso pode corresponder em um aumento de até 30% na remuneração do servidor”, destaca a subsecretária de Gestão de Pessoas, Mariane Morais.

 

Foram mais de 10,3 mil servidores nomeados. Foto: Matheus Oliveira/Arquivo-SES

 

RECURSOS HUMANOS – Segundo Mariane, todos os projetos implementados conseguiram valorizar a força de trabalho e melhorar o clima organizacional na Secretaria de Saúde.

 

Além dos grandes projetos implementados, outras conquistas também contribuíram para tudo isso, como a instituição de exames periódicos, de modo a acompanhar a saúde dos servidores e tentar diminuir índices de absenteísmo, e a nomeação de 10,3 mil profissionais em quatro anos, que ajudou a fortalecer os serviços da rede.

 

Alline Martins, da Agência Saúde

Arte: Danielle Freire