Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/08/13 às 21h26 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Saúde de professores é avaliada em Sobradinho

COMPARTILHAR

Projeto Mente e Voz vai atender 1449 docentes este ano


Professores de escolas públicas de Sobradinho participaram nessa quarta-feira (07) do projeto Mente e Voz, idealizado pelo Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador Norte (Cerest), com o objetivo de promover a avaliação clínica e psicossocial de docentes. No total 65 professores foram examinados e sete tiveram consultas agendadas com otorrinos.

Uma equipe de três médicos (médico do trabalho, psiquiatra e otorrinolaringologista), uma enfermeira, dois auxiliares de enfermagem e cinco fonoaudiólogos participa do projeto, resultado de parceria entre as Secretarias de Saúde e Educação. Aproximadamente 1449 docentes ativos em sala de aula da regional, distribuídos em 41 escolas pública, serão examinados até o fim do ano.

A ação é uma novidade na rede pública e deverá se estender para outras regionais. A ideia consiste na realização de ações em saúde coletiva de caráter preventivo, no que diz respeito à saúde vocal dos professores da rede pública de ensino de Sobradinho, incluindo os aspectos psicossociais da prática profissional, como ansiedade, estresse e depressão.

A avaliação será realizada toda quarta-feira, em quatro escolas, onde cerca de 60 professores serão examinados, nos turnos da manhã e da tarde, inclusive na área rural. Após estes exames, aqueles que tiverem algum risco diagnosticado serão encaminhados para tratamento.

Para o secretário de saúde, Rafael Barbosa, a proposta vem para prevenir doenças mais graves causadas pelo estresse no trabalho. “Estes profissionais serão examinados, e caso tenham alguma deficiência, terão consultas já agendadas com oftalmologista, por exemplo. Queremos prevenir doenças e dar mais qualidade de vida para os professores”, disse.

Amandda Souza

Leia também...