Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/02/13 às 18h01 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Saúde entrega 27º centro de saúde totalmente reformado

COMPARTILHAR

População do Setor P Sul é a grande beneficiada

O Governador do DF, Agnelo Queiroz e o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, inauguraram nessa quarta-feira (27) a obra de reforma e modernização do centro de saúde 9, do Setor P Sul de Ceilândia. Foram dez meses de obras que incluíram serviços de recuperação das redes hidráulicas, de esgoto e elétrica e dos sistemas de dados e de áudio, além de pintura nova, readequação de espaços para melhor acomodar alguns serviços, tais como acolhimento, farmácia, laboratório e odontologia, com um investimento aproximado de R$ 900 mil.

“Este é o 27º centro de saúde completamente restaurado que entregamos à população do Distrito Federal, onde os moradores do Setor P Sul terão um atendimento de qualidade e os servidores trabalharão com mais conforto e poderão atender bem à comunidade”, disse o Governador.

O centro 9 é responsável pelo atendimento dos quase 41 mil moradores das QNPs 22 a 36 e setor de chácaras do P Sul, incluindo o condomínio Por do Sol. Cerca de 400 atendimentos são realizados diariamente, nas áreas de clínica médica, pediatria, ginecologia, odontologia, nutrição, enfermagem, serviço social, vacina e curativo. Funcionam na unidade duas equipes da Estratégia Saúde da Família, com previsão de instalação de mais uma nos próximos meses.

Agnelo Queiroz falou ainda da contratação de novos servidores para a saúde do DF, entre eles mais de 300 médicos, e da realização dos mutirões de cirurgias. “Já realizamos mais quatro mil cirurgias e nossa intenção é zerar a fila de espera por procedimentos cirúrgicos”, reforça Agnelo.

Outra preocupação do governador é o avanço da dengue no DF. O GDF está estudando a possibilidade de contratar mais servidores para fazer o combate ao mosquito transmissor da doença e também adotar medidas para que os agentes possam acessar os imóveis fechados e garantir a proteção da população do DF.

Regina Medeiros