Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/06/13 às 18h00 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Saúde oferece orientações sobre alimentação preventiva contra o câncer

COMPARTILHAR

A Gerência de Nutrição da SES/DF e a Diretoria do Hospital de Base do Distrito Federal em parceria com o Inca – Instituto Nacional do Câncer realizaram nessa quinta-feira (20), no estacionamento do HBDF, o ‘Armazém da Saúde’, um espaço que oferece orientações sobre alimentação saudável e preventiva contra o câncer e doenças crônicas como diabetes, hipertensão, algumas doenças autoimunes, infecções diversas.

A ideia é fazer uma simulação de compra no ‘Armazém da Saúde’ que expõe, como em um supermercado comum, diversos itens consumidos pela população como biscoitos, leites, manteiga, ovos, frutas, arroz, feijão, café, entre outros. Após a compra, as nutricionistas orientam o “consumidor” se ele fez uma compra correta, se há alimentos prejudiciais que podem ser retirados, se há alimentos saudáveis que podem manter na lista de compras ou se há alguns que precisam ser incluídos.

“O que queremos é chamar a atenção das pessoas para a importância de uma alimentação saudável na prevenção do câncer, por exemplo. A maioria das pessoas não associa a alimentação com o desenvolvimento da doença e isso é ruim. Há alimentos embutidos, por exemplo, que tem uma alta concentração de sódio, gordura e conservantes e eles prejudicam muito a saúde, pois é comprovado cientificamente que possuem ação cancerígena no organismo. Eles agem de forma a acumular gorduras nas veias ou diminuir a circulação, em alguns casos.’ Ressalta Mariana Martins, organizadora do Armazém da Saúde.

Frutas e verduras são alimentos recomendados pela equipe de nutricionistas, pois são ricos em vitaminas, minerais e fibras que são necessários ao organismo. Tornam-se fatores de proteção às possíveis doenças. “Há muitos vegetais e frutas que são excelentes antioxidantes e isso protege o organismo contra agentes e agressões externas que o corpo geralmente sofre com poluição das grandes cidades, consumo de alimentos com agrotóxicos e todos os radicais livres a que estamos expostos.” destaca Mariana.

Alessandra Franco

Leia também...