Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/12/13 às 16h32 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Saúde promove ação contra dengue na área rural de Planaltina

COMPARTILHAR

Comunidade do Monjolo é orientada sobre cuidados


Uma ação de combate à dengue foi realizada nesta terça-feira (17), pela equipe do posto rural do Morumbi, para a comunidade de Monjolo, na região de Planaltina.

O objetivo da equipe é informar moradores de toda área rural de Planaltina sobre a doença. A primeira ação ocorreu no Vale Verde com a finalidade de conscientizar a população sobre os riscos e como eliminar o foco do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue.

Segundo a gerente do posto, Ana Tenice Aguiar, a ideia é agir preventivamente. “Para combater a dengue, precisamos contar com a participação da população. É fundamental que as pessoas colaborem para evitarmos mais casos”, conclui.

Para a gerente, é preciso uma conscientização de todos. “Não basta somente o vizinho evitar, porque o mosquito chega a viajar três quilômetros”, informa. O tempo médio do ciclo é de cinco a seis dias e depois desse período os sintomas aparecem.

Os principais sintomas são febre alta com início súbito, forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos, perda do paladar e apetite, manchas e erupções na pele semelhantes ao sarampo, principalmente no tórax e membros superiores, náuseas e vômitos, tonturas, extremo cansaço, moleza e dor no corpo, dores nos ossos e articulações.

Ana Aguiar explica que é importante procurar orientação médica ao surgirem os primeiros sintomas, pois as manifestações iniciais podem ser confundidas com outras doenças. Por isso as pessoas que apresentarem os sintomas, serão atendidas pela a equipe.

O teste para diagnosticar a doença é realizado no posto. “Quando tiver suspeita de dengue a pessoa deve nos procurar, nós realizamos os testes, diagnosticamos e notificamos. Não é necessário ir ao hospital para realizar o exame”, diz Ana.

Além da palestra, a comunidade assistiu a um vídeo com explicações sobre as formas de contagio da doença e pode aferir a pressão, participar de um café da manhã e aulas de alongamento.

Por Tatiane Gomes, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61)3348-2547/2539 e 9862-9226