Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/04/18 às 12h51 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Saúde repudia crime contra vigilante no HRG

Saúde repudia crime contra vigilante no HRG

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal manifesta o seu repúdio à violência praticada por meio de um crime bárbaro ocorrido na noite desta segunda-feira (2), no Hospital Regional do Gama, quando um menor efetuou disparo de arma de fogo contra um vigilante que desempenhava a sua função de garantir segurança aos pacientes e servidores.

O profissional foi alvejado no rosto. Ele foi transferido do Hospital Regional do Gama para o Instituto Hospital de Base (IHBDF), na madrugada desta terça-feira (3), onde passou por avaliações, acompanhamento da equipe de bucomaxilofacial e deverá se submeter a procedimento cirúrgico.

O quadro clínico do paciente é estável e ele recebe toda a assistência necessária para melhor resposta ao tratamento ofertado. O secretário de Saúde, Humberto Fonseca, esteve no IHBDF no início da tarde desta terça-feira (3), ocasião em que visitou o vigilante e prestou-lhe solidariedade. O paciente está em acompanhamento multidisciplinar.

 

ENTENDA – Durante a tarde de ontem (2), a esposa do autor do crime deu entrada no Hospital Regional do Gama para a realização de um parto. O nascimento da criança ocorreu às 16h, sem intercorrências.

Às 22h53, o acompanhante da paciente queria adentrar a unidade de saúde sem portar documentos pessoais, quando foi orientado pelo vigilante sobre a necessidade da identificação, visto que a área é restrita e possui várias grávidas, puérperas e recém-nascidos. Diante da orientação do vigilante, o rapaz saiu do hospital e, quando voltou, efetuou o disparo.