Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/09/20 às 15h00 - Atualizado em 18/09/20 às 15h54

Saúde tem trabalho selecionado no projeto Mostra Virtual Brasil, aqui tem SUS

COMPARTILHAR

Projeto traz orientações sobre os cuidados com a pele e feridas durante a pandemia

 

ÉRIKA BRAGANÇA

 

Um projeto da Câmara Técnica de Cuidados com a Pele, órgão consultivo da Secretaria de Saúde, foi um dos nove finalistas da segunda etapa da I Mostra Virtual Brasil, aqui tem SUS. A mostra faz parte do I Congresso Virtual do Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde). O material apresentado fala sobre as “Ações da Câmara Técnica de Cuidados com a Pele para dar continuidade nos serviços estomias, feridas e prevenção às lesões na pandemia da Covid-19”.

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

A Câmara Técnica é uma instância colegiada consultiva e propositiva da Secretaria de Saúde ligada à Diretoria de Enfermagem. O trabalho em equipe foi conduzido pelo servidor Ronivaldo Pinto Pereira, presidente da Câmara, e é fruto da ausência de informações e orientações sobre o tema. Logo que surgiu a pandemia e veio o decreto do governador, várias dúvidas e perguntas apareceram na área técnica de como manter os serviços durante esse período.

 

Ao buscar informações para orientar os profissionais que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus, foi identificado que havia um hiato sobre protocolos e orientações sobre o tratamento de feridas adaptado para o isolamento e distanciamento imposto pela Covid-19. Com isso, a Câmara Técnica trabalhou para criar esses documentos de orientação e readaptação do serviço, assim como sua organização.

 

Ronivaldo não esperava ser escolhido e ficou surpreso ao receber a ligação do Conasems uma vez que, para ele, foram ações simples e baratas que ajudaram na disseminação e organização dos serviços. A grande pergunta era como a gestão poderia dar um documento para a ponta de forma tão rápida e ágil sem material para pronta disseminação.

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

“O pouco que a gente faz parece nada, mas foi selecionado entre tantos e fez a diferença porque existe essa lacuna de informação. Ações simples, sem custo financeiro, trouxeram a manutenção do serviço de forma eficiente e eficaz junto aos públicos envolvidos. Essa organização de fluxo e informação ajudou na continuidade de assistência e acesso ao cidadão, fortalecendo ainda o vínculo entre a gestão e os profissionais da ponta”, destaca.

 

Informação na ponta

 

Com o trabalho, o profissional que está na ponta tem as informações sobre o protocolo a ser utilizado com opções de tratamento e acompanhamento virtual proposto pela área. Além disso, a equipe recebia materiais pelo celular e os profissionais também tinham muitas lesões de pele por conta do uso do Equipamento de Proteção Individual (EPI).

 

Com essas informações, foi feito um informativo rápido sobre o problema e em apenas uma página, foram colocados sete tópicos para prevenir e tratar com os produtos disponíveis na rede pública. Como apoio, foi feita uma live, disponibilizada de forma permanente, para ajudar a usar os produtos de maneira certa e orientando sobre o autocuidado. A Câmara Técnica continua com o planejamento e prevê um cronograma de apresentações no canal do Youtube Matriciamento SES/DF.

 

A apresentação do trabalho  será no dia 22 de setembro, pelo canal do YouTube do Conasems. Os trabalhos serão apresentados em duas rodas de conversa virtuais nos dias 22 e 29 de setembro. As inscrições para a I Mostra Virtual Brasil, aqui tem SUS seguem abertas de forma contínua até 27 de setembro no site do I Congresso Virtual do Conasems.

 

Até o momento, nas duas etapas, foram inscritos 834 trabalhos e 381 foram pré-selecionados pelos Cosems para serem avaliados. Cada um deles passou pelo crivo dos avaliadores até a decisão final de escolher mais nove experiências exitosas no enfrentamento da Covid-19 nos municípios brasileiros.

 

Equipe do Projeto

 

“Ações da Câmara Técnica de Cuidados com a Pele para dar continuidade nos serviços estomias, feridas e prevenção às lesões na pandemia da Covid-19”.

Enfermeiros: Alexandra de Amorim; Daniela Borges; Edlaine Lopes; Luciene de Moraes; Luz Marina Alfonso; Rafaela Escher; Sabrina Meireles; Tacyana Ramalho e Tatiana Lídia.

Leia também...