Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/12/21 às 15h21 - Atualizado em 22/12/21 às 15h39

Secretaria de Saúde nomeia 366 enfermeiros para reforçar Atenção Primária

Só em 2021 a Secretaria de Saúde nomeou 5.511 novos servidores

HUMBERTO LEITE, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF | EDIÇÃO: MARGARETH LOURENÇO | REVISÃO: JULIANA SAMPAIO

 

A Secretaria de Saúde contará com mais 366 enfermeiros da especialidade de família e comunidade. A solenidade de nomeação ocorreu nesta quarta-feira (22), no Palácio do Buriti, e também marcou a nomeação de outros 78 servidores, realizada na sexta-feira (17). “É um presente de Natal. Não são só mais 444 servidores. Está chegando entusiasmo, está chegando dedicação. Nós estamos vivendo um momento de que estamos precisando”, afirmou o secretário de saúde, general Manoel Pafiadache.

 

Em 2021, a Secretaria de Saúde nomeou 5.511 novos servidores, entre temporários e efetivos. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

 

Entre as nomeadas está a enfermeira Susana Dutra. Classificada na 508ª colocação, ela foi nomeada após aguardar no cadastro reserva. “A vitória é muito grande. É um concurso muito antigo”, lembrou. Agora, ela se diz preparada para contribuir com a saúde pública do DF. “O que eu tenho para oferecer é carinho, cuidado e, principalmente, conhecimento”, garantiu.

Presente na cerimônia, o governador Ibaneis Rocha ressaltou a importância de fortalecer a Atenção Primária. “Saúde se faz nas unidades básicas, é cuidando das famílias”, afirmou. O gestor lembrou ainda do esforço da Secretaria para a retomada de procedimentos suspensos durante a fase mais crítica da pandemia, como as cirurgias eletivas.

 

A enfermeira Susana Dutra está entre os novos servidores nomeados. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF

 

Também estavam presentes futuros servidores nomeados na sexta-feira, como Roberto Mendes. “É um sentimento de gratidão. É a realização de um sonho. Hoje eu sou um administrador público. Todo o esforço valeu à pena”, comemorou.

 

Ele tomará posse com outros 16 administradores, 13 farmacêuticos, 14 enfermeiros de família e comunidade, três enfermeiros obstetras, três analistas de sistemas, um economista, sete fonoaudiólogos, dois contadores, sete técnicos de laboratório em hematologia e hemoterapia, dois médicos endoscopistas, sete cirurgiões de trauma e dois médicos ortopedistas.

Os novos servidores têm até 30 dias para tomar posse. Ao todo, somente neste ano, a Secretaria de Saúde nomeou 5.511 novos servidores, entre temporários (4.277) e efetivos (1.234).

 

Para o administrador Roberto Mendes, ser servidor da Secretaria de Saúde é uma realização pessoal. Foto: Breno Esaki/Agência Saúde-DF