Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/13 às 18h33 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

GDF antecipa auxílio moradia e transporte aos médicos cubanos

COMPARTILHAR

Valores serão depositados até quarta-feira (13)

O secretário de Saúde, Rafael Barbosa, anunciou nesta sexta-feira (08), a antecipação do auxílio moradia e do auxílio transporte aos 34 médicos cubanos do Programa Mais Médicos. O DF recebeu os profissionais estrangeiros no dia 29 de outubro.

Conforme regras do Ministério da Saúde, o pagamento dos benefícios deveria ocorrer somente no fim de cada mês trabalhado. No entanto, para facilitar a rotina desses profissionais, até a próxima quarta-feira (13) será depositada na conta de cada um a quantia de R$ 1.871,00 (R$1.500,00 moradia e R$371,00 alimentação). “Sabemos da necessidade desses médicos em se estabelecer na região em que vão atuar. Por isso decidimos antecipar o benefício”, esclareceu o secretário.

Assim que chegaram ao Brasil, os profissionais do Mais Médicos foram alojados na Academia da Polícia Federal. Desde então, até que todos tenham recursos financeiros para bancarem a estadia, a Secretaria de Saúde tem oferecido alternativas gratuitas de dormitório e alimentação.

“As Regionais de Saúde estão envolvidas e comprometidas com a situação dos médicos cubanos. Os servidores estão colaborando para que esses profissionais se sintam bem”, comenta a subsecretária de Atenção Primária à Saúde, Rosalina Sudo.

Os 34 profissionais estrangeiros do Programa Mais Médicos no Distrito Federal foram encaminhados para as regionais de saúde do Recanto das Emas (2), Santa Maria (1), São Sebastião (2), Planaltina (1), Sobradinho (2) e Taguatinga (3). Oito deles vão compor equipes já implantadas e 25 integrarão novas Equipes de Saúde da Família. Além dos médicos cubanos, o DF recebeu outros 16 profissionais brasileiros pelo programa.

Da Agência Saúde DF 
Atendimento a Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9826-9226


Leia também...