Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/05/18 às 16h44 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Secretário de Saúde anuncia nomeação de 1.052 concursados

Na CLDF, Humberto Fonseca afirmou que ainda há concursos dentro do prazo de validade – Foto: Mariana Raphael

 

A Secretaria de Saúde prepara, para junho, a nomeação de 1.052 concursados para ocupar vagas dos aprovados que não tomaram posse (nomeação tornada sem efeito), vacâncias definitivas de aposentadorias e exonerações. A solicitação está em análise na Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag).

 

A novidade foi anunciada pelo secretário de Saúde, Humberto Fonseca, na noite dessa terça-feira (29), durante a reunião da Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência e Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

 

No evento, comissões de aprovados de diversas categorias, como técnicos administrativos, enfermeiros, nutricionistas e farmacêuticos, acompanharam o pronunciamento.

 

“Tivemos autorização de ampliação de cerca de R$ 122 milhões, aprovados pela CLDF, e utilizamos completamente para contratação. Nomeamos 1.485, isso não é pouca coisa”, disse Humberto Fonseca, explicando que, com isso, não há mais orçamento para nomear quantidade além do que o necessário para substituições. “Essas já têm previsão orçamentária e, por isso, conseguimos fazer”, completa.

 

O secretário frisou que ainda há concursos dentro do prazo de validade e é desses que a pasta tem chamado. Há um total de quatro editais vigentes, três deles realizados em 2014 e com vencimento em dezembro deste ano, e mais um realizado no final do ano passado, com prazo final para 2020.

 

“Entendemos que há um déficit em diversas áreas da Secretaria de Saúde, mas priorizamos o objetivo do governo, que foi a abertura de leitos”, destacou Fonseca, lembrando que, neste sentido, é essencial a contratação de técnicos de enfermagem.

 

A previsão do Governo de Brasília é chegar aos 10 mil nomeados para a Secretaria de Saúde, a contar desde 2015. Até agora, já foram convocados cerca de oito mil aprovados em concursos públicos. “Vamos seguir nomeando até o final do ano, porém, sempre para substituir vacâncias”, ressalta Fonseca.

 

 

TEXTO: Alline Martins, da Agência Saúde