Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/05/13 às 21h17 - Atualizado em 30/10/18 às 15h05

Serviço de Tratamento de Fissuras Labiopalatais será inaugurado no HRAN

COMPARTILHAR

Atendimento em um só lugar, no mesmo dia, com diversos especialistas

Pacientes com fissura labiopalatal passam a contar com atendimento especializado em um só lugar, com a inauguração nesta terça-feira, às 10h, do Serviço Multidisciplinar de Tratamento de Fissuras Labiopalatais do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN).

O serviço conta com salas ambulatoriais para atendimento às segundas-feiras e uma equipe de cirurgiões plásticos, otorrinolaringologistas, pediatra, nutricionista, psicóloga, enfermeira, ortodontistas, dentistas e assistente social.

No Serviço Multidisciplinar de Tratamento de Fissuras Labiopalatais o atendimento simultâneo facilita a vida do paciente, que não precisa voltar em dias diferentes ao hospital. Ele passa por cada especialidade e recebe atendimento da equipe em apenas um dia.

Para Alexandre Figueiredo, cirurgião da equipe, a assistência multidisciplinar em um só dia ajuda a economizar tempo e dinheiro. “Muitas pessoas não possuem recursos suficientes para se deslocar ao hospital e, muitas não podem faltar ao trabalho para resolver o caso da sua criança”, explica.

O HRAN já oferecia atendimento aos pacientes com fissuras labiopalatais e em março deste ano o serviço foi criado oficialmente, com a meta de ampliar a capacidade de trabalho. “O atendimento era prestado informalmente há 20 anos. A criação oficial do serviço nos possibilita realizar o trabalho de maneira integrada, o que facilita a vida do paciente”, afirma o cirurgião plástico Marconi Delmiro, coordenador do serviço.

No ano passado 200 crianças foram operadas e a meta para este ano é chegar a 300 cirurgias. Até maio, o hospital já contabiliza 60 atendimentos a crianças operadas e em tratamento contínuo da doença.

Para o diretor do HRAN, Valdir Nunes, a inauguração do serviço é um avanço nas demandas de saúde do Distrito Federal. “Esta é mais uma resposta do Governo do Distrito Federal, com o aumento da eficácia dos serviços prestados a nossa sociedade”, comemora o diretor.

Semanalmente, de 30 a 35 crianças são atendidas no Ambulatório do HRAN. As consultas são realizadas todas as segundas-feiras, das 14h às 18h e os procedimentos cirúrgicos, às quartas-feiras, das 7h às 19h.

 

Patrícia Kavamoto e Lucas Correia

Leia também...