Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/05/14 às 18h19 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Servidores da Saúde participam do programa Brasília Sem Fronteiras

COMPARTILHAR

Profissionais embarcam no próximo sábado (17)

Onze servidores da Secretaria de Saúde do Distrito Federal foram convocados para a segunda chamada do programa Brasília Sem Fronteiras e embarcam amanhã (17) para capacitação internacional nos cursos de “Liderança em Gestão Pública”, na cidade de Haia na Holanda e “Liderança em Gestão Pública para Cidades Competitivas”, em Krems na Áustria.

Os profissionais participaram de curso de capacitação e visitas técnicas no mês de abril e maio. Foram escolhidos o Hospital da Criança, Estádio Nacional Mané Garrincha e a Fábrica Social. O secretário de Assuntos Internacionais, Odilon Frazão destacou que a oportunidade é para trocar experiências e despertar o servidor para uma visão global. “A visão que a pessoa cria com esse programa é importante não só para a vida dela, mas também para o governo. O lugar que tiver esse servidor, só tem a ganhar porque ele trará outra visão de mundo e conhecimento. Só vai acrescentar”, afirmou. 

Os profissionais foram aprovados no certame realizado em 2013. Dillian Silva, servidora na Vigilância Sanitária, foi uma das convocadas e considera uma oportunidade ímpar de qualificação profissional e pessoal. “Uma oportunidade dessas é rara para nós servidores. É uma demonstração de que o GDF confia e investe em nossa capacidade. Além disso, reconhece a importância de qualificar o serviço público. Valorizo esse investimento e estou comprometida em retribuir com o meu trabalho contribuindo para a gestão das políticas de saúde do DF”, conclui. 

Na edição 2014, foram selecionadas 190 pessoas, 40 são alunos dos Centros Interescolares de Línguas (CILs) e 150 são servidores públicos. Do total, 100 servidores e todos os alunos dos CILs viajam no mesmo dia. O restante seguirá para o exterior em novembro. As aulas terão duração de quatro semanas. Para este ano, o programa foi ampliado. Com investimento de R$ 30 milhões, a nova edição oferecerá 950 vagas, com uma nova categoria: universitários. 

O edital para essa seleção foi lançado recentemente e a prova será neste domingo (18). No total, foram 13 mil inscritos contra 2.304 inscritos em 2013. Na época, houve uma abstenção alta, 970 participantes não compareceram à prova aplicada. Em 2014, o programa oferece novos destinos: França, Espanha e Nova Zelândia, além de Estados Unidos, Holanda e Áustria.

Por Érika Bragança, da Agência Saúde DF

Leia também...