Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/12/12 às 14h19 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Servidores de Samambaia discutem cuidados materno-infantis

A segunda Oficina de Planificação das Redes de Atenção à Saúde – etapas trabalhadores – teve início na quarta-feira (05) em Samambaia. Durante dois dias, cerca de 70 servidores que desenvolvem atividades na área serão qualificados na linha de cuidado materno-infantil chamada Rede Cegonha, e contribuir para a construção do Plano de Ação Regional.

Médicos, dentistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionistas, agentes comunitários de saúde, entre outros, estão reunidos para discutir o novo modelo de gestão. No primeiro dia, foi debatida a situação da saúde no Brasil e no DF, a organização do sistema de saúde e a constituição das redes de atenção à saúde. O segundo dia será dedicado à abordagem das diretrizes nacionais e dos planos distrital e de ação regional da Rede Cegonha, no que diz respeito ao componente pré-natal, puerpério, saúde da criança, parto, nascimento e transporte seguro.

Durante a abertura, na manhã de hoje, a diretora de Atenção Primária à Saúde da Regional, Paula Garcia de Araújo, enfatizou a importância do trabalho conjunto dos gestores e servidores. “É preciso à construção conjunta do plano de ação de Samambaia. A participação dos trabalhadores é essencial. Pois, são os que estão na ponta, sabem das dificuldades e podem auxiliar, dando ideias de como vencê-las”, esclareceu. Na oportunidade, os profissionais foram recepcionados com uma sessão de automassagem, conduzida pela fisioterapeuta do centro de saúde nº 2, Lúcia de Jesus da Silva Melônio.

A oficina é realizada na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, na QN 208, lote 02, conjunto A, das 8h às 18h. Na semana passada, outros profissionais participaram da primeira turma.

Iêda Oliveira