Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/10/13 às 18h22 - Atualizado em 30/10/18 às 15h08

Servidores de Samambaia participam de capacitação sobre nutrição enteral

COMPARTILHAR

Aperfeiçoamento e integração dos profissionais no cuidado ao paciente

Os profissionais da Regional de Saúde de Samambaia participam nesta terça-feira e quarta-feira (1º e 2), do treinamento “Nutrição Enteral: da Prescrição à Prática”, com o objetivo de aprimorar os conhecimentos quanto aos cuidados pertinentes à Terapia Nutricional Enteral (TNE).

“A capacitação é importante para atualizar os profissionais envolvidos na TNE, tendo em vista que é uma prática crescente da regional e que requer cuidados especiais, além de envolver vários profissionais”, destaca a coordenadora técnica administrativa da Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, Rodeluzi Andrade.

O treinamento reúne nutricionistas, técnicos em nutrição, enfermeiros, técnicos em enfermagem, médicos, farmacêuticos, fisioterapeutas e fonoaudiólogos com o intuito também de proporcionar o aperfeiçoamento do raciocínio clínico diante das intercorrências da TNE, por meio da discussão de casos, e ainda de promover a integração desses profissionais no cuidado integral ao paciente.

A capacitação está sendo ministrada pela manhã. No primeiro dia foram abordados conceitos da Resolução da Diretoria Colegiada n° 63 da Anvisa, que regula a prática de terapias nutricionais e a definição da Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional – EMTN e da Terapia Nutricional Enteral – TNE.

No segundo dia será abordado o suporte nutricional enteral: da teoria à prática e os cuidados da enfermagem na TNE.

De acordo com a coordenação da EMTN do HRSam, são atendidos atualmente, em média, 40 pacientes sob suporte nutricional, como dietas por sondas naso-entérica, naso-gástrica, gastrostomia, suplementos nutricionais, entre outros.

A nutrição enteral refere-se a alimentos para fins especiais, que tem a ingestão controlada de nutrientes, que é especialmente formulada para uso por sondas ou via oral, e utilizada exclusivamente ou parcialmente para substituir ou até complementar a alimentação oral.

Iêda Oliveira