Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/06/14 às 23h05 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

SES/DF anuncia ações para a Copa do Mundo

COMPARTILHAR

Reforço na equipe de trabalho e nas ambulâncias são algumas delas

A Secretaria de Saúde (SES/DF) anunciou nesta segunda-feira (2) as ações de saúde para a Copa do Mundo. Mais 10 ambulâncias e o aumento de 20% nas equipes de emergência são algumas medidas que vão reforçar os atendimentos. O secretário adjunto de Saúde, José Bonifácio Alvim, apresentou o plano operacional para os dias de jogos em Brasília e os jogos do Brasil.

O secretário iniciou a apresentação informando a estratégia dentro do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, onde o atendimento médico é de competência da FIFA. Fora dele a SES/DF terá um posto médico avançado nas proximidades com quatro ambulâncias. “Os nossos Postos Médicos Avançados terão capacidade para resolver 99% dos problemas de saúde que ocorram no local”, explicou Alvim.

Os casos graves serão encaminhados para os hospitais de referência. Emergências neurocardiovasculares e trauma serão encaminhadas ao Hospital de Base e as emergências clínicas e cirúrgicas, para o Hospital da Asa Norte (HRAN). Já as crianças e gestantes serão encaminhadas ao Hospital Materno Infantil. O Hospital Universitário de Brasília (HUB) será usado como retaguarda do HRAN.

Junto ao Posto médico estarão quatro ambulâncias: duas Unidades de Suporte Avançado (USA) e duas Unidades de Suporte Básico (USB). O Posto Móvel de Regulação (PMR) também estará nas proximidades.

Fan Fest Taguaparque

Para a Fan Fest, a SES/DF contará com um PMA e seis ambulâncias: quatro de Unidade de Suporte Básico (USB) e duas Unidade de Suporte Avançado (USA). Tudo preparado para também atender 99% da demanda.

Casos clínicos serão encaminhados ao Hospital Regional de Taguatinga, Hospital Regional de Samambaia e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceilândia.

Centro Integrado das Ações de Saúde

Para integrar as ações, funções e responsabilidades dos diversos setores da SES/DF, o Centro Integrado das Ações de Saúde (CIAS) funcionará 24h com o Centro de Informações estratégicas e Vigilância a Saúde (CIEVS) e o Centro de Informações toxicológicas (CIT). Todo esse conjunto vai colaborar para monitoramento epidemiológico, sanitário, ambientais e assistenciais.

Vigilância sanitária e Epidemiológica

As inspeções pela vigilância sanitária serão reforçadas nos serviços de alimentação, shoppings, hotéis, na Fan Fest e no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrinha.

O abuso do álcool também terá fiscalização intensificada com outros parceiros do governo, além das ações de prevenção às doenças sexualmente transmissíveis. “A Vigilância sempre atua em pontos estratégicos para atuar diretamente no público mais vulnerável, promovendo informação e distribuição de preservativos”, concluiu a subsecretária de Vigilância à Saúde, Marília Coelho Cunha.

A rede também estará preparada para atendimento às vítimas de violência sexual, tráfico de pessoas, turismo sexual e outras agreções.

SAMU

O SAMU também está preparado para atender a demanda da Copa do Mundo. O trabalho de rotina de atendimento a população, não será afetado e o evento ganhará reforços:

  1. 10 viaturas, sendo seis USB e quatro USA ou Veículo de Intervenção Médica (VIM);
  2. Oito motolâncias (MT);
  3. Um Posto Móvel de Regulação (PRM);
  4. Dois Postos Médicos Avançados (PMA) um para Estádio e outro para o Taguaparque;
  5. Quatro veículos de apoio e logística;
  6. Seis equipes para compor os Centros de Comando e CIAS e o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (ciccr) e o Centro de Controle Militar do Planalto.

As equipes são:

  • USA: um condutor de emergência, um enfermeiro e um médico;
  • USB: um condutor de emergência e dois técnicos de enfermagem;
  • MT: dois motociclistas técnicos de enfermagem ou enfermeiro;
  • PMR: um condutor, um enfermeiro, um médico regulador e dois rádio operadores técnicos em enfermagem;
  • PMA: dois médicos, dois enfermeiros e seis técnicos de enfermagem.

Luana Lemes, da Agência Saúde DF