Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/03/20 às 17h36 - Atualizado em 9/03/20 às 16h18

Sessão solene comemora 46 anos de serviços do Hospital Regional de Taguatinga

Solenidade homenageia hospital e servidores

 

Servidores, convidados e gestores do Hospital Regional de Taguatinga (HRT) participaram de uma solenidade em homenagem aos 46 anos de serviços prestados à comunidade, nesta sexta-feira (6). A homenagem ocorreu durante uma sessão solene da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), realizada no auditório do hospital. Na oportunidade, servidores da saúde receberam moções de louvor pelos trabalhos desenvolvidos.

 

“O HRT é um equipamento de saúde que tem grande impacto na região. Tenho gratidão por contar com profissionais que tanto contribuem, pois são eles que fazem tudo acontecer. O HRT nos faz entender que vale a pena se empenhar para salvar vidas”, destaca o superintendente da Região Sudoeste de Saúde, Luciano Agrizzi.

 

Durante a solenidade, uma contadora de histórias trouxe muita emoção ao narrar a história do hospital, lembrando do projeto para a criação da unidade, e fazendo uma retrospectiva de todos os serviços e esforços empenhados durante esses 46 anos de existência do hospital. A cada fato contado, lembranças emocionavam os presentes, que têm histórias e relações profissionais e pessoais com a unidade de saúde.

 

“O valor do capital humano é a essência dessa instituição. Foi o sonho de muitos que realizou o HRT. A nossa instituição ensina e nos traz lições todos os dias”, ressalta o diretor do HRT, Wendel Antônio Moreira.

 

A contribuição do trabalho dos servidores foi reconhecida com a entrega de moções de louvor.

 

“Me sinto orgulhoso, tenho história nesse hospital, em que já trabalho há 44 anos. Esse é um hospital de excelência em ensino”, afirma o médico homenageado, Jairo Zapata.

 

“Considero-me privilegiada por representar o grupo em que trabalho. O reconhecimento na aniversário do hospital nos faz sentir que estamos no caminho certo”, pontua uma das homenageadas, a farmacêutica Eva Ferraz. A sessão solene da CLDF foi solicitada pelo deputado distrital Jorge Vianna (Podemos), que preside a Comissão de Educação, Saúde e Cultura daquela casa.

 

HOMENAGEM – Durante a cerimônia, a memória do médico Daltono Umberto de Souza foi lembrada. O médico fez residência no Hospital Regional de Taguatinga (HRT), onde trilhou uma longa e respeitável carreira por quase quatro décadas. A contribuição, os ensinamentos e o exemplo foram homenageados pela direção do hospital. O auditório da unidade passa a se chamar “Auditório Daltono Umberto de Souza”. Familiares e amigos ficaram felizes e emocionados com a homenagem.

 

HISTÓRIA –  Inaugurado em março de 1974, o Hospital Regional de Taguatinga possuía 400 leitos e uma área total de 36 mil metros quadrados construídos. Os primeiros atendimentos foram realizados nas áreas de clínicas básicas, como médica, pediátrica, cirúrgica, ginecologia e obstetrícia.

 

Atualmente o HRT é o maior hospital da rede pública do Distrito Federal e, somente o Pronto Socorro, atende cerca de 600 pessoas por dia, mais de 250 mil pacientes por ano. Os atendimentos são nas áreas de clínica médica, ginecologia, obstetrícia, pediatria, odontologia, cardiologia, ortopedia, cirurgia geral, otorrino e urologia.

 

No ambulatório são atendidas cerca de 25 especialidades, entre elas cirurgia vascular, dermatologia, nefrologia, oftalmologia e fisioterapia. Na internação, são 375 leitos nas áreas de cardiologia, clínica médica, pediatria, neonatologia, ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral, ortopedia e UTI adulto e infantil. Anualmente, são atendidos 16,8 mil pacientes.

 

Durante esses 46 anos de existência, o hospital tornou-se referência em várias áreas, não só no Distrito Federal, mas também a níveis nacional e internacional. O Banco de Leite Humano, por exemplo, o primeiro do Centro-Oeste, se tornou referência técnica internacional, salvando vidas de bebês todos os dias.

 

Nivania Ramos, da Agência Saúde.

Fotos: Geovana Albuquerque.