Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
24/10/12 às 20h21 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Sobradinho inaugura Bloco Materno Infantil

Hospital também passa a contar com novo banco de leite

Nesta sexta-feira (26), a Regional de Saúde de Sobradinho inaugura, às 10h, o Bloco Materno Infantil do Hospital (HRS), com o novo Banco de Leite Humano, que funcionará no mesmo prédio. De acordo com a coordenadora da, Joana D´arc, “o objetivo é ofertar um serviço de excelência à comunidade, considerando que toda gestante tem direito ao atendimento digno e de qualidade”.

Segundo a coordenadora de Banco de Leite do Distrito Federal, Miriam Santos, “o DF é a única cidade do mundo que tem potencial para ser autossuficiente em leite materno e, por isso, destaca-se na área”. Para mobilizar a população quanto à importância da amamentação, a atriz Maria Paula participará da inauguração e reforçará a campanha para criação do Dia Nacional de Doação de Leite Materno, que tem como sugestão o dia 19 de maio.

Ainda nesta sexta-feira (26), será inaugurado o Disk Doação, fruto de parceria entre a Secretaria de Saúde do DF e a Codeplan. A partir desse dia, a mãe interessada em doar o leite materno poderá fazer o seu cadastro no telefone 160, opção 4, para que possa ser agendada a visita do bombeiro para coleta em sua residência.

Bloco

O Bloco Materno Infantil é um prédio de 3.600 metros quadrados, divididos em dois pavimentos anexos ao HRS, construído para atender as mães e seus bebês em nível ambulatorial e hospitalar. Atualmente, o HRS realiza, em média, 180 partos por mês, mas, segundo Joana D´arc, a expectativa é chegar a 450 procedimentos diários.

O bloco conta com serviços de pré-parto, parto e puerpério; ginecologia; UTI neonatal, Unidade de Cuidados Intermediários de Neonatologia (UCIN); Banco de Leite Humano; fonoaudiologia, para detectar problemas auditivos; psicologia e serviço social; fisioterapia neonatal e nutrição, além da realização de exames necessários.

No acolhimento da gestante, será realizada a classificação e a verificação de risco. A partir deste diagnóstico inicial, a paciente será encaminhada para uma das salas de parto, pré-parto ou pós parto para que possa ser feito o procedimento indicado.

O bebê recém-nascido receberá serviço completo (fonoaudiólogo, teste do pezinho, da orelhinha, entre outros procedimentos). Após a verificação do estado de saúde da criança, ela será encaminhada para a UCIN ou para o Alojamento Conjunto (ALCON).

De acordo com Joana, “a comunidade poderá contar com serviço de qualidade e humanizado, além de uma estrutura moderna e aconchegante”.

Banco de Leite Humano

O Banco de Leite Humano está localizado no primeiro pavimento do Bloco Materno Infantil e terá capacidade total de processamento de 400 litros de leite materno por mês. Atualmente o HRS conta com um banco de leite, inaugurado em 1991, que armazena pouco mais de 100 litros mensalmente.

O novo local está de acordo com a regulamentação do Ministério da Saúde (RDC 171) e conta com recepção para registro e triagem das doadoras, área de estocagem de leite, sala de processamento, sala de arquivo, sala de ordenha e com um laboratório de controle de qualidade microbiológica.