Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/12/12 às 20h28 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

SVS realiza Fórum de Imunização do Distrito Federal

Mudanças no calendário vacinal e implantação de novas vacinas 

A vacinação como forma mais objetiva para a prevenção de doenças. Com base nessa linha, a Gerência de Vigilância Epidemiológica e Imunização (Gvei), da Subsecretaria de Vigilância à Saúde (SVS), realizou na terça-feira (18), no Auditório do Lacen – Laboratório Central, o Fórum de Imunização do Distrito Federal 2012. O evento serviu para informar aos profissionais da área de vacinação as estratégias que serão implantadas ao longo do próximo ano.

Um dos principais temas do Fórum foi a vacinação contra o HPV no DF em 2013. A Secretaria de Saúde investiu cerca de R$ 13 milhões na compra dessas vacinas. A meta neste primeiro momento é vacinar cerca de 190 mil meninas, entre 11 e 13 anos. A vacina contra o HPV é feita em três doses, sendo que a primeira dose será feita no primeiro semestre do ano que vem, como explica a Gerente de Vigilância Epidemiológica e Imunização (GVEI), Cristina Segatto.
“Estamos falando de uma vacina bastante eficaz, que protege contra o câncer do colo do útero, causado pelos vírus papilomavírus humano (HPV – tipo 6, 11, 16 e18). Ela terá um grande impacto nesse grupo alvo, no qual o resultado será de médio e longo prazo (a partir de cinco anos). É necessário que todas as meninas recebam as três doses para que se tenha uma resposta adequada à vacina”, ressalta.

Foram discutidas também algumas mudanças no calendário vacinal de 2013 e a implantação de novas vacinas no quadro da Secretaria de Saúde. A partir de janeiro, haverá a alteração da vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) aos 12 e 15 meses de vida. Tal mudança servirá para preparar a equipe de imunização da Secretaria de Saúde do DF para a introdução da vacina contra a Varicela (catapora).

“A criança receberá uma dose da vacina tríplice viral aos 12 meses de idade, e a segunda dose aos 15 meses, unindo a vacina tríplice viral + varicela. Também será implantada a vacina contra a hepatite A em crianças aos 12 meses de idade, a partir de agosto do ano que vem”, explica Segatto. Mais alterações estarão disponíveis no calendário de vacinação de 2013, que será publicado no início de janeiro.

Outro ponto abordado no Fórum de Imunização foi quanto à vacinação para os eventos da Copa das Confederações de 2013 e Copa do Mundo de 2014. Para Cristina, a ideia já está formatada e será direcionada aos grupos prioritários. “A proposta é vacinar as populações mais vulneráveis, ou seja, aqueles que terão contato mais direto com os turistas, como os taxistas, funcionários de aeroporto, comércio e saúde. Além de voluntários que atuarão durante os dois eventos esportivos. Esses grupos terão prioridade”.

Hugo Mendes