Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/06/14 às 20h27 - Atualizado em 30/10/18 às 15h11

Técnicos do Hemocentro reúnem profissionais de saúde de Ceilândia

COMPARTILHAR

Objetivo é levar informação sobre as principais doenças

Médicos e enfermeiros do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) participaram nesta segunda-feira (16), de reunião técnica sobre a Portaria 162 que trata da coagulopatia hereditária e da hemoglobinopatia com equipe especializada da Fundação Hemocentro de Brasília (FHB).

A reunião técnica teve como objetivo informar e orientar sobre o fluxograma do atendimento dos pacientes portadores da coagulopatia hereditária. A coagulopatia hereditária é uma doença congênita e têm 359 pacientes cadastrados no Hemocentro de Brasília.

Segundo a gerente de Ambulatórios da FHB, hepatologista pediatra, Melina Swain, todos os hospitais da rede pública e hospitais conveniados da FHB estão recebendo orientações técnicas para que se possa padronizar o atendimento nas unidades bem como o cadastramento de pacientes com hemoglobinopatias.

As coagulopatias hereditárias são doenças hemorrágicas resultantes da deficiência qualitativa de uma ou mais das proteínas plasmáticas da coagulação. Têm como característica comum a redução da formação de trombina, fator essencial para a coagulação do sangue.

Júlio Duarte, da Agência Saúde DF