Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/04/18 às 16h39 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Termina encontro de conscientização sobre autismo

Cerca de 210 profissionais de saúde participaram do dois dias de atividades do I Encontro de Conscientização sobre o Transtorno do Espectro Autista, encerrado quinta-feira (19).

 

O evento teve a finalidade de promover a capacitação e o aprimoramento sobre o tema para servidores que atuam junto a este público. A ideia é que eles possam multiplicar o conhecimento em suas unidades.

 

O autismo é caracterizado pela dificuldade na interação social e padrões repetitivos de comportamento.

 

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), para cada 160 crianças, existe um caso de autismo. Estima-se que existam cerca de 2 milhões de autistas no Brasil.

 

TRATAMENTO – Não há cura, mas os recursos atualmente disponíveis permitem melhorar o funcionamento geral, inserção social e qualidade de vida dos portadores de autismo.

 

No DF, crianças e adolescentes são atendidos nos Centros de Atenção Psicossocial Infantis (Capsi), além do Centro de Orientação Médico Psicopedagógica (Compp) e o Adolescentro, que atendem às questões de saúde mental dos portadores de Transtorno do Espectro Autista.

 

Os adultos podem ser atendidos nos Caps destinados a essa faixa etária.

 

Também são oferecidos serviços voltados à reabilitação no Centro Especializado em Reabilitação Física e Intelectual e no Centro Educacional da Audição e Linguagem Ludovico Pavoni.

 

DIA MUNDIAL – Em 2 de abril, é celebrado o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 18 de dezembro de 2007, com o intuito de alertar as sociedades e governantes sobre esta doença, ajudando a derrubar preconceitos e esclarecer a todos.

 

Fórum de Autismo na Biblioteca Nacional