Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/10/20 às 19h11 - Atualizado em 21/10/20 às 15h44

Um dia especial na vida dos pacientes da oncologia do Hospital de Base

COMPARTILHAR

Equipe de saúde promove um “Outubro Rosa” diferente, levando música, solidariedade e carinho aos doentes

 

HELENA CIRINEU, DO IGES-DF

 

Música, alegria, solidariedade, amor. Foi com esses ingredientes que profissionais de saúde e músicos quebraram hoje (20) a rotina dos pacientes do setor de Oncologia do Hospital de Base, administrado pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (Iges-DF). Esse dia especial foi mais uma ação dentro da programação da campanha Outubro Rosa.

 

Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF

 

A música ficou por conta da Banda Caritó, com Airton e Samuel. As flores, o carinho e a solidariedade vieram nos braços de enfermeiros, psicólogos, terapeutas e profissionais dos mais diversos segmentos. Os pacientes gostaram, reagindo do jeito que podiam. Foi o caso do paciente Luiz Cláudio Guimarães. Sem poder falar por conta de uma cirurgia na garganta (traqueostomia), movia os lábios para “interpretar” a música “Força Estranha”, de Caetano Veloso. Já a paciente Laurivânia Antônia assistia a tudo enquanto arrumava as tranças.

 

A Enfermaria 1012 foi a mais animada. Ali, as pacientes Eloilde, Aparecida, Luzia e Maria Eunice atacaram de forró do mestre Luiz Gonzaga. Foi o maior sucesso. Emoção que alguns pacientes só conseguiam demonstrar com o olhar. E ele fez jorrar lágrimas dos olhos dos músicos, dos profissionais, dos familiares dos doentes e dos próprios pacientes.

 

Foto: Davidyson Damasceno/Iges-DF

 

A emocionante ação do Outubro Rosa voltou a se repetir pela tarde. Desta vez, promovida pela equipe de Enfermagem do Setor de Internação da Oncologia do Hospital de Base. Ao som de chorinho, os pacientes receberam o carinho dos profissionais, que também lhes brindaram bolo, doces, salada frutas e sucos.

 

A decoração do hall da Oncologia foi outro destaque da ação. Fotos de pacientes enfeitavam as paredes, ornamentadas ainda com balões, flores e mensagens otimistas. Para a enfermeira Tauani de Brito Madalena, valeu o esforço. Afinal, são ações como essas que fazem pacientes e profissionais se fortalecerem para enfrentar os desafios de um câncer.

Leia também...