Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/04/13 às 19h20 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Carreta da Mulher atende moradoras da Fercal

150 exames são realizados todos os dias

Fotos Renato Araújo

A Carreta da Mulher 1 está estacionada desde a última segunda-feira, 2, na Fercal. A unidade móvel fica no local até a próxima semana (dia 12) promovendo exames preventivos e para o diagnóstico de doenças em mulheres. Todos os dias são disponibilizadas 150 senhas para a realização de 50 exames de mamografia, 50 de ecografia e 50 preventivos de câncer de colo de útero (Papanicolau).

“Agora está muito fácil fazer os exames com a carreta aqui”, disse a dona de casa Tereza Pereira, 50 anos. A paciente estava no local para fazer duas ecografias. A mamografia ela fez na última terça-feira. Já a auxiliar de serviços gerais, Graciele Ribeiro, 28 anos, queria fazer uma ecografia ginecológica. “Estava com o pedido desde janeiro. Felizmente a carreta veio para a Fercal e estou podendo fazer o exame”, comemorava.

A recém-criada região administrativa da Fercal tem 30 mil habitantes, a maioria residindo em núcleos rurais. “As unidades móveis são uma excelente estratégia de saúde”, avalia a coordenadora da Regional de Saúde de Sobradinho, Joana D’arc Gonçalves. Segundo ela, a população local têm dificuldades de acesso aos equipamentos de saúde, principalmente exames mais complexos e a as carretas resolvem esse problema.

Para garantir que as mulheres que moram nos núcleos rurais mais distantes façam os exames necessários, a Administração Regional fez uma parceria com as lideranças comunitárias locais e disponibilizou veículos para o transporte. “Temos que aproveitar a vinda da carreta aqui e atender todas as pacientes”, diz o administrador regional Alexandre Yanez.

A Secretaria de Saúde do DF já conta com três unidades móveis – a terceira começa a atender nesta quinta-feira, 4, em Ceilândia. As carretas estão percorrendo todas as regionais de Saúde do Distrito Federal. A primeira foi lançada em março de 2012 e, a segunda, em março deste ano. Juntas, já realizaram mais de 36 mil exames. A subsecretária de Atenção Primária em Saúde da SES/DF, Rosalina Aratani Sudo, destaca que as unidades móveis aumentaram muito a oferta de exames para as mulheres do DF.

As carretas contam com equipes de profissionais formadas por médicos, enfermeiros e apoio de agentes comunitários de saúde da própria regional do local visitado. Cada unidade tem dois consultórios que realizam exames de citologia (Papanicolau), ecografia, e uma sala para exames de mamografias.
Segundo dados da Diretoria de Atenção Primária em 2012 a Carrreta da Mulher 1 realizou 33.808 procedimentos (11.307 mamografias, 11.892 ecografias diversas e 10.609 exames preventivos de colo uterino). Já a segunda Carreta realizou 2.308 exames. Além da unidade móvel que atende na Fercal, a Secretaria de Saúde mantem atualmente outra carreta em Santa Maria e a terceira em Ceilândia Norte.

Celi Gomes