Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
30/01/20 às 16h44 - Atualizado em 31/01/20 às 8h12

Unidades Básicas fazem recadastramento dos usuários

Equipes de saúde vão às residências colher os dados dos pacientes

 

Equipes de Saúde da Família das regiões administrativas de Taguatinga, Águas Claras e Vicente Pires, estão percorrendo as residências para o recadastramento das famílias no Sistema Único de Saúde. O objetivo é aumentar o número de cadastrados e atualizar os já existentes. Os profissionais também fazem perguntas sobre as condições de saúde dos moradores e fatores de risco.

 

A ação do recadastramento foi intensificada neste mês de janeiro devido a mudança no financiamento da Atenção Primária à Saúde que passou a ter como um dos critérios a população cadastrada. Ao receber a visita, o morador deve pedir a identificação do profissional que deverá apresentar o crachá funcional.

 

“Com o movimento da planificação realizada nas três cidades, as equipes foram a campo para avançar nesse cadastro. No início de dezembro tínhamos 6% de área cadastrada. Alcançamos 20% em janeiro”, comemora o diretor da Atenção Primária à Saúde da região Sudoeste, Rodrigo Miranda.

 

A coleta de dados também faz parte do movimento do Planifica SUS, que visa implantar uma metodologia para otimizar os fluxos promovendo mudanças nos processos de trabalho nas Unidades Básicas de Saúde junto dos atendimentos ambulatoriais e laboratoriais da região. O resultado esperado é atendimento mais humanizado e acolhedor, resolutivo e de qualidade. O Planifica é um programa do Ministério da Saúde e está sendo implantado em todo o território nacional.

 

Josiane Canterle, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki/Saúde DF