VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19: DOSE ADICIONAL E DE REFORÇO PARA IMUNOSSUPRIMIDOS

 

Segundo as orientações do Ministério da Saúde, são consideradas pessoas com imunossupressão grave as que se enquadrem em alguma das situações abaixo listadas:

I – Imunodeficiência primária grave
II – Tratamento de quimioterapia para câncer
III – Transplantados de órgãos sólidos ou de células-tronco hematopiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras
IV – Pessoas vivendo com HIV / AIDS
V – Uso de corticóides em doses de 20 mg/dia ou mais de prednisona, ou equivalente, por 14 dias ou mais
VI – Uso de drogas modificadoras para o sistema imune
VI – Uso de drogas modificadoras da resposta imune
VII – Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias
VIII – Pacientes em hemodiálise
IX – Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas

Pessoas acima de 18 anos com imunossupressão grave devem tomar as três doses do esquema básico contra a covid-19 com intervalo entre as três doses de quatro ou oito semanas, de acordo com o imunizante recebido. Quatro meses após ser aplicada a terceira dose, será aplicada a dose reforço, somando, ao todo, quatro doses. São indicadas as vacinas AstraZeneca, Pfizer-BioNTech ou Janssen.

Já os adolescentes adolescentes de 12 a 17 anos com imunossupressão grave seguem o mesmo esquema vacinal dos adultos (primeira dose, segunda dose, terceira dose e dose de reforço), porém será aplicado exclusivamente o imunizante Pfizer-BioNTech. Crianças de 5 a 11 anos de idade com imunossupressão devem receber a versão pediátrica do imunizante da Pfizer.

É importante comparecer com cartão de vacina, documento de identidade com foto e laudo ou relatório médico. O uso de máscara é obrigatório.

Em caso de dúvidas, em todos os locais de vacinação há um responsável técnico.

Clique aqui para saber onde tomar a primeira dose

Clique aqui para saber onde tomar a segunda dose

Clique aqui para saber onde tomar dose de reforço

Os imunossuprimidos com mais de 18 anos de idade também podem se vacinar nos postos de vacinação noturna e em drive-thru.


 

Voltar para o menu inicial