Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/06/19 às 12h29 - Atualizado em 27/06/19 às 12h30

Voluntariado da Saúde pode ser modelo para aplicação federal

COMPARTILHAR

Equipe do Ministério da Economia esteve na secretaria para conhecer o serviço

 

A Secretaria de Saúde recebeu, nesta quarta-feira (26), a visita de representantes do Ministério da Economia, que foram conhecer o modelo adotado pela Gerência de Voluntariado da Subsecretaria de Gestão de Pessoas. O objetivo é replicar o modelo no âmbito federal.

 

“Apresentamos a eles a forma como fazemos o controle de documentação, apresentamos as portarias que saíram da gerência e explicamos como funciona todo o fluxo, ou seja, como recebemos e acolhemos os voluntários e controlamos a frequência e as atividades, tanto a nível central quanto nas coordenações das superintendências”, explica a diretora de Planejamento, Monitoramento e Avaliação do Trabalho da Secretaria de Saúde, Marineusa Bueno.

 

Os representantes do ministério quiseram saber como se iniciou o processo, se há capacitações, e parecem ter gostado da forma como tudo está estruturado dentro da secretaria.

 

AJUDA – Atualmente, a Secretaria de Saúde conta com 930 voluntários profissionais e 34 associações atuantes na área com voluntariado social, operando em todas as regiões de saúde. A maior concentração, porém, está na Região Sudoeste, que engloba as unidades de Taguatinga, Samambaia, Vicente Pires, Águas Claras e Recanto das Emas.

 

“Eles desenvolvem todos os tipos de atividades relacionadas à sua profissão, como triagem de pacientes pela Enfermagem, avaliação nutricional pelo nutricionista ou atividades lúdicas por voluntários sociais”, elenca a gerente de Voluntariado, Juliana Andrade.

 

Ela explica que todos os voluntários passam por acolhimento e ambientação e recebem as orientações para começar as atividades logo após entregar a documentação e receber matrícula e crachá.

 

PROGRAMA – O serviço de voluntário profissional na Saúde foi regulamentado por meio de portaria em novembro de 2016. Além da modalidade profissional, tem a social, na qual o voluntário pode contribuir. O trabalho voluntário, no serviço público, é regulamentado pela Lei Distrital nº 3.506/2004.

 

Para quem tem interesse em tornar-se voluntário na Saúde, o primeiro passo é procurar a Coordenação de Voluntariado da unidade onde pretende atuar. “Será disponibilizado o termo de adesão, de preenchimento obrigatório, bem como, a juntada de toda a documentação necessária”, complementa Juliana.

 

Veja, aqui, mais informações sobre voluntariado na Secretaria de Saúde.

 

 

Alline Martins, da Agência Saúde

Fotos: Breno Esaki/Saúde-DF