Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/12/12 às 16h48 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Voluntários do HMIB celebram o Natal com pacientes internados

COMPARTILHAR

As crianças e parturientes internadas no Hospital Materno Infantil de Brasília – HMIB – tiveram um dia diferente. Os voluntários do HMIB distribuíram brinquedos e alegria com a ajuda do Papai Noel e seus músicos, que encantaram a tarde dos pacientes na última sexta-feira.

Marli Gregório Barbosa, que está há oito dias no hospital por causa do filho, parabeniza a iniciativa. “É ótimo vê-lo sorrir assim depois de tantos dias internado no hospital. Ele adorou o brinquedo e eu amei a música”, relata Marli.

A Associação dos Voluntários do HMIB, AMHAS, conta hoje com 22 colaboradores que atuam nas mais diversas áreas do hospital levando informação, suporte emocional e material. No Alto Risco, por exemplo, ensinam trabalhos manuais como bordado, ponto de cruz e crochê. “É muito bom poder ensiná-las, pois no tempo ocioso, elas podem fazer algo produtivo e saem do hospital com o enxoval do bebê completo e feito por elas”, conta Lucia Maria da Costa, voluntária.

Outro trabalho importante realizado pelos voluntários é o da “doula”, que assiste ao parto das mães ensinando massagens para diminuir a dor, orienta quanto à amamentação e, principalmente, dá o suporte e carinho necessários para a realização de um parto tranquilo e humanizado.

Parceiros como o Movimento Doação e o Capítulo Almas Brasília Shriners Club contribuem ainda com doações de materiais de higiene pessoal, brinquedos, kits para bebês que são entregues aos pacientes do hospital. “Tudo que arrecadamos é revertido para ajudar os nosso pacientes”, relata Eurides Barros da Conceição, presidente da associação.

Saiba mais:
A Associação dos voluntários do HMIB AMHAS atua no HMIB desde 1995. Para ser um voluntário: entrar em contato no telefone 9261-2167
Para ajudar: Todo quinto dia útil do mês no HMIB é realizado um bazar para arrecadar fundos e comprar o material necessário para os enxovais.

Ana Luiza Greca