18/01/2022 às 11h56 - Atualizado em 17/04/2022 às 15h38

Começa a testagem gratuita de covid-19 nas farmácias do DF

Estabelecimentos contam com 48 mil testes para detectar a doença; confira os locais

HUMBERTO LEITE, CAMILA HOLANDA, ÉRIKA BRAGANÇA, DA AGÊNCIA SAÚDE-DF | EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA E MARGARETH LOURENÇO | REVISÃO: JULIANA SAMPAIO

 

 

Começou a testagem de covid-19 em farmácias privadas no Distrito Federal. Os profissionais de saúde foram treinados e cada estabelecimento participante define o atendimento, se por agendamento ou demanda. Assim, a testagem gratuita é realizada conforme a logística de cada local. O teste é indicado para quem apresenta sintomas ou teve contato com pessoas infectadas. Cada farmácia receberia 500 kits de testagem, mas como há disponibilidade de testes, essa quantidade foi ampliada para 3 mil.

 

Há cinco dias com sintomas, o analista de sistemas Roger Viana, 18 anos, fez seu teste hoje na Drogaria Brasil, em Santa Maria. Com a confirmação de que está com covid-19, ele irá manter os cuidados para evitar a contaminação de mais pessoas. "Eu vou continuar em casa, mantendo a quarentena", garantiu.

 

Desde sexta-feira (14) a Secretaria de Saúde disponibilizou os testes para as empresas fazerem a retirada no almoxarifado central da pasta. Até o fim da manhã desta terça-feira (18), os responsáveis por 22 estabelecimentos haviam retirado os kits. A princípio seriam 23 farmácias, mas uma delas, a Farmácia Colorado, na Vila Planalto, decidiu não fazer o atendimento.

No caso da Drogaria São Rafael, no Gama, a testagem gratuita foi iniciada ontem. "Quando a Secretaria nos solicitou, a gente atendeu a demanda", contou a farmacêutica Rafaela Antunes. Alguns estabelecimentos anunciaram o início das atividades a partir das 12h de hoje.

   

Notificação

 

A ação é uma parceria da pasta com a Fecomércio que, junto ao Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos (Sincofarma), selecionou os estabelecimentos de testagem. Cada farmácia será responsável por notificar a Secretaria de Saúde dos casos positivos e negativos. Servidores da Secretaria realizaram o treinamento dos funcionários da empresa sobre o uso do sistema E-Sus, em que são registradas as informações do exame, como data de realização, resultado, lote e data de validade.

 

O uso da plataforma pelas drogarias parceiras atende à determinação do Ministério da Saúde, que pede a notificação de todos os testes realizados. “A partir das informações coletadas e disponibilizadas no sistema, é possível avaliar de maneira mais sensível o comportamento epidemiológico da transmissão da covid-19 no Distrito Federal”, explica Fabiano dos Anjos, diretor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde do DF.

 

Aeroporto

 

Com a testagem ofertada nas unidades básicas de saúde, e nas farmácias, deve ser descontinuada a testagem no ponto criado no Aeroporto Internacional de Brasília. Isso porque o maior objetivo era monitorar a chegada da variante Ômicron ao Distrito Federal, e o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde já confirmou a transmissão comunitária. "Agora, a meta é monitorar a evolução do número de casos", destaca o secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Fernando Erick Damasceno.

 

Parceria

 

De acordo com André Godoy, diretor de Vigilância Sanitária, nem todas as drogarias que se inscreveram para a testagem da Secretaria atendiam aos requisitos sanitários e documentais para fazer os testes. “O estabelecimento precisa ter uma sala com circulação de ar e espaço para evitar filas e aglomerações”, explica o gestor.

 

As farmácias que participam da ação têm liberação para aplicar os testes de covid-19 por 60 dias, prazo que pode ser prorrogado, conforme o cenário epidemiológico. “Os pontos foram liberados de maneira emergencial e provisória. A Vigilância Sanitária vai fiscalizar os locais para mitigar os riscos de transmissão”, informa o diretor André.

 

Critérios e locais de testagem

 

As farmácias particulares que aplicarão os testes disponibilizados pela SES seguem os mesmos critérios de público-alvo dos outros pontos de testagem do órgão: quem está sintomático ou teve contato com casos confirmados da doença. São sintomas, por exemplo, tosse, febre, dor de garganta, falta de ar e perda de olfato ou paladar.

 

Conheça os 22 pontos:

 

Farmácias Descontão - Avenida das Castanheiras, Lotes 820 Loja 06/07, Águas Claras - QSC 19 Chácara 26 Conjunto H Lote 07A, Taguatinga - QNN 17 Conjunto H Loja 02/03/04, Ceilândia

 

Drogaria São Rafael - Quadra 36 Lote 10, Gama

 

Drogaria Brasil - CL 214 Lote B Loja 02, Santa Maria

 

Drogaria Drogacenter - QNE 16, Lote 01 Loja 01, Taguatinga Norte - Rua 4 A, Chácara 01 Lote 13 Loja 01, Vicente Pires - Rua Copaíba, Lote 10 a 12, Águas Claras - QNM 18 conjunto G Lote 01, Ceilândia - Rua 5, Chácara 102, Lote 32, Vicente Pires - QNO 17, Conjunto I, Lote 03, Loja 06, Ceilândia Norte - QD 203, Lote 28/29, Recanto das Emas - QS.412, Conjunto A, Lote 02, Samambaia Norte - QC 08, Lote 04, Loja 01, Taguatinga Centro - CLSW 104, Bloco A, Loja 58, Sudoeste - ST SHD bloco N, Lojas 09 a 12, Planaltina - Avenida Central, Lote 470, Loja 01, Núcleo Bandeirante - Quadra 12, Comércio Local 1A, Sobradinho - QN 07, Conjunto 06, Lotes 20 e 22, Riacho Fundo - Quadra 23, Conjunto 17, Lote 01, Paranoá - S.I.A Trecho 10, S/N, Lote 10, Lojas 56, 58 e 60, Zona Industrial Guará - QNO 06, Conjunto B, Lote 58, Loja 03, Ceilândia