Vacinação



O Programa Nacional de Imunizações (PNI), instituído em 1973 pelo Ministério da Saúde, desempenha um papel crucial na proteção da saúde pública no Brasil. Com uma oferta de 45 diferentes imunobiológicos, o PNI abrange toda a população, proporcionando vacinas para todas as faixas etárias. Além disso, campanhas anuais são realizadas para garantir a atualização da caderneta de vacinação, promovendo a imunização eficaz contra uma série de doenças.

Dentre as vacinas disponíveis, 19 são destinadas ao calendário de rotina, iniciando-se a proteção desde os recém-nascidos e podendo se estender ao longo de toda a vida. Essa cobertura ampla e contínua contribui significativamente para a prevenção de doenças infecciosas e a redução da morbimortalidade associada a elas.

É importante ressaltar que todos esses imunobiológicos são fornecidos pelo Ministério da Saúde para os Estados, Municípios e o Distrito Federal, assegurando a igualdade de acesso à imunização em todo o país. Essa estrutura descentralizada de distribuição é fundamental para garantir que a população brasileira receba as vacinas necessárias para sua proteção contra uma ampla gama de doenças.

No Distrito Federal, a Gerência de Rede de Frio desempenha um papel multifacetado. Além de receber, armazenar e distribuir os imunobiológicos, ela também assume a responsabilidade pela orientação técnica e pelas condutas de imunização conforme delineadas pelo PNI, estabelecido pelo Ministério da Saúde. Essa ampla gama de atribuições garante que não apenas os imunobiológicos sejam gerenciados de maneira eficiente, mas também que as práticas de imunização sigam as diretrizes nacionais, garantindo a segurança e eficácia das vacinas administradas à população do Distrito Federal.

A Gerência de Rede de Frio garante o abastecimento das sete Regiões de Saúde do Distrito Federal. É por meio dela que as vacinas e outros imunobiológicos são distribuídos de forma coordenada e eficiente para garantir o funcionamento adequado das salas de vacinação em cada uma dessas regiões.

Ao assegurar o abastecimento de imunobiológicos às Regiões de Saúde, a Gerência de Rede de Frio contribui diretamente para a manutenção das operações das salas de vacinas, onde a população tem acesso às vacinas conforme o calendário de imunização estabelecido.

Essa cadeia de suprimentos bem organizada é essencial para garantir que as vacinas estejam disponíveis quando e onde são necessárias, contribuindo assim para a proteção da saúde pública e a prevenção de doenças infecciosas no Distrito Federal.

A Gerência de Rede de Frio vinculada à Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVEP) da Subsecretaria de Vigilância a Saúde (SVS) e pelos respectivos Núcleos de Vigilância Epidemiológica e Imunização (NVEPI) das regiões, os quais estão hierarquicamente subordinados às Diretorias Regionais de Atenção Primária à Saúde (DIRAPS). A responsabilidade administrativa, no que se refere a escalas e horários de funcionamento das unidades e a carteira de serviços oferecida é de responsabilidade das DIRAPS das Superintendências de Saúde.


Consulte aqui o endereço e o horário de funcionamento da sala de vacina da Unidade de Saúde mais próxima de você 

Calendário de Vacinação no Distrito Federal 2024


Cobertura Vacinal
Videoaulas


Paginas Relacionadas
Curso on line de Sala de vacinação
Sociedade Brasileira de Imunização
Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde


Documentos

Informe Técnico Estratégia de Vacinação Contra a Covid.

Informe Monitoramento das Estratégias de Vacinação (Mev) 2024

Instrução Normativa do Distrito Federal para o Calendário Nacional de Vacinação de 2024

Guia de Vigilância em Saúde

Manual de Normas e Procedimentos para Vacinação

Manual dos Centros de Referêcia para Imunobiológicos Especiais

Manual de vigilância epidemiológica de eventos adversos pós-vacinação

Manual de Rede de Frio do Programa Nacional de Imunizações

40 anos do Programa Nacional de Imunizações