27/06/2022 às 20h47 - Atualizado em 27/06/2022 às 21h01

Secretaria prepara edital para contratar 30 médicos temporários 

Processo seletivo está em fase de elaboração e o objetivo é ampliar atendimento à atenção primária 

Jade Abreu, da Agência Saúde-DF

Para reforçar a estratégia da família, a Secretaria de Saúde prepara edital para contratar temporariamente 30 médicos dessa especialidade. O anúncio foi feito pela gestora da pasta, Lucilene Florêncio, nesta segunda-feira (27) a jornalistas de portais de notícias locais. 

Anúncio de novo certame é feito pela secretária  Lucilene Florêncio a jornalistas de portais de notícias locais. Foto: Tony Winston-Agência Saúde-DF

"Nós temos uma estrutura da Estratégia de Saúde da Família que tem que ser reforçada. A contratação de médicos fará com que aumente a cobertura", ressalta a secretária. O objetivo é que novos profissionais ampliem o atendimento à população na atenção primária à saúde.

De acordo com o subsecretário de Gestão de Pessoas, Evillásio Ramos, o processo seletivo está em fase de elaboração e passa por procedimentos administrativos. "A previsão é que nos próximos dias o edital tenha encaminhamento".

Ainda respondendo os jornalistas, a secretária de Saúde, disse que em relação ao reforço de pessoal, o governo realizou concurso, no último domingo, a fim de contratar mais 230 médicos em 47 especialidades, além de 101 enfermeiros e 50 cirurgiões-dentistas. 

Os principais temas tratados no encontro foram cobertura vacinal da população, estruturas das unidades de saúde e os recursos humanos na rede de saúde. Sobre a vacinação, a secretária explica que é preciso conscientizar a população da importância de se imunizar. "É necessário resgatar a cultura da vacinação no Brasil, a vacina é a arma que nós temos e não podemos retroceder". 

A secretária acrescenta que hoje a população do DF pode escolher o imunizante. "Temos 350 mil doses de vacinas e 700 mil testes para que a gente vença esse vírus". 

Em encontro, jornalistas questionaram estratégias da Saúde para ampliar cobertura vacinal. Foto :Tony Winston-Agência Saúde-DF

Quem ainda precisar completar o esquema vacinal, pode ir a 122 salas de vacinação espalhadas pelo DF. Hoje, mais três postos noturnos foram abertos para ampliar as possibilidades do brasiliense se vacinar, o que totaliza 17 pontos com o funcionamento de 19h às 22 horas. 

Outras doenças 
A secretária Lucilene Florêncio também destacou que a vacina contra Influenza está disponível para toda a população a partir de hoje. A secretaria conta com um estoque de mais de 500 mil doses do imunizante em 111 Unidades Básicas de Saúde do Distrito Federal. A única restrição é ter mais de seis meses de idade.

A gestora da Saúde ainda foi questionada sobre a possibilidade de aparecimento do vírus Monkeypox na região, doença popularmente conhecida como varíola do macaco. Ela explicou que até o momento não há casos confirmados da doença.