15/04/2022 às 12h34 - Atualizado em 27/05/2022 às 12h21

Bebês internados ganham ensaio fotográfico de Páscoa recheado de fofura

Ação promovida no Hospital de Santa Maria humaniza o atendimentoFotos: Tatiana Araújo, Lorena Cardoso Mendes e Rosane Abreu Medeiros

AILANE SILVA, DO IGES-DF

A cultura ocidental tem na Páscoa uma das mais importantes datas cristãs, simbolizando renascimento e renovação de esperanças. Mais uma vez as equipes que trabalham no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) entraram no clima da data e decidiram não deixar passar em branco para os pequenos bebês internados na unidade. Por isso, como tem se tornado tradição, foi preparado um ensaio fotográfico especial de Páscoa, no intuito de humanizar o atendimento e dar a oportunidade para que as mães levem boas recordações do HRSM.

No cenário dos bebês da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), preparado pelas técnicas de enfermagem, não faltaram detalhes de fofura, começando pelos lindos bebês rodeados de cenouras e coelhos da Páscoa. Eles deram um show fantasiados com orelhas alongadas de várias cores: laranja, brancas, floridas, amarronzadas, azuis. Cada detalhe foi registrado pelas lentes da câmera da fotografa profissional Tatiana Araújo, que se voluntariou para o ensaio realizado.

Michelle Donadeli, chefe de Serviços de Enfermagem da UTI Neonatal, afirma que o intuito da ação, além de humanizar a assistência aos recém-nascidos internados, foi tornar o momento de internação mais leve e menos doloroso também para as mães desses bebês. “A equipe de técnicas em enfermagem da UTIN fez a organização, tomando todas as medidas e cuidados, para realizar o ensaio fotográfico com os bebezinhos. As mães ficaram extremamente empolgadas”, contou.

Para fazer o ensaio, foram adotados diversos cuidados com os bebês. “Cada recém-nascido foi avaliado previamente para constatação de que seu quadro clínico encontrava-se estável. Os bebês foram posicionados com auxílio da equipe de fisioterapia e todos os itens utilizados nos cenários foram higienizados”, contou Michelle. Ao todo, 20 bebês participaram. As mães receberam as fotos a partir da quinta-feira (14).

Na Unidade de Cuidados Intermediários, quatro bebês participaram da ação. Os cliques foram feitos pela chefe do Serviço de Enfermagem, Lorena Cardoso Mendes, e pela enfermeira rotineira, Rosane Abreu Medeiros, que também montou o cenário preparado semanas antes, em conjunto com o terapeuta ocupacional com recursos doados pela própria equipe.

“Pensamos na segurança dos bebês, higienizando todos os materiais no dia da foto, organizando os pacientes conforme as suas precauções e estabilidade hemodinâmica. As mães sempre por perto”, disse Rosane.

Mariela Souza de Jesus, diretora-presidente interina do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (IGESDF), que faz a gestão do HRSM, explica que ações de humanização são importantes não só para os bebês, mas também para as mães e para as profissionais que atuam no setor e se dedicam a ofertar um ambiente mais acolhedor. “A humanização é um dos pilares do nosso atendimento, e fundamental em situações como essas, podendo contribuir, inclusive, na recuperação mais rápida dos nossos pacientes”, disse.

Fotos: Tatiana Araújo, Lorena Cardoso Mendes e Rosane Abreu Medeiros