01/06/2022 às 14h59 - Atualizado em 01/06/2022 às 15h13

Licença-prêmio é paga a 2,5 mil servidores da Saúde

Benefício é assegurado a quem completa cinco anos seguidos de exercício

Willian Matos, da Agência Saúde-DF

Nesta quarta-feira (01), 2.585 servidores da Secretaria de Saúde, entre aposentados e pensionistas, recebem pagamento de licença-prêmio convertida em pecúnia. Na terça-feira (31), a Pasta depositou na conta dos servidores total de R$ 10.128.670,24.

Os servidores têm direito à licença-prêmio após cinco anos seguidos de exercício. Trata-se de gratificação pela assiduidade: o benefício permite afastamento de três meses com remuneração mantida. Até 2019, caso o servidor optasse por continuar trabalhando, receberia o valor da licença em pecúnia. Atualmente, no entanto, a pecúnia só ocorre mediante aposentadoria compulsória.


2,5 mil servidores da Saúde recebem licença-prêmio. Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

O subsecretário de Gestão de Pessoas, Evillásio Ramos, ressaltou a importância de honrar compromissos com os servidores. “A Secretaria de Saúde reconhece e agradece os trabalhos prestados pelos servidores à população. Por isso, não medimos esforços para manter os pagamentos em dia”, afirmou.

A base de cálculo para a conversão em pecúnia (dinheiro) da licença-prêmio deve ser a última remuneração percebida pelo servidor, devidamente excluídas as verbas de natureza transitória.