29/04/2022 às 18h18 - Atualizado em 29/04/2022 às 18h20

Saúde paga R$ 9,2 milhões a 5,6 mil servidores que fizeram TPD

O Trabalho por Período Definido é utilizado para evitar que falte assistência à população

Willian Matos, da Agência Saúde DF | Edição: Margareth Lourenço

A modalidade TPD permite ampliar os horários de vacinação no DF. Foto Tony Winston - Agência Saúde DF

Servidores da Secretaria de Saúde que realizaram Trabalho por Período Definido (TPD) em fevereiro receberam nesta sexta-feira (29) pagamento referente ao serviço. A Pasta pagou, ao todo, R$ 9,2 milhões (R$ 9.247.325,28) para 5.657 colaboradores.

O TPD é uma espécie de hora adicional. O servidor interessado se dispõe a trabalhar em dias ou horários fora do turno habitual para substituir outro trabalhador ou reforçar um setor. É uma medida utilizada pela SES como forma de suprir eventuais déficits de servidores e evitar que falte assistência à população.

O TPD é regulamentado pelo Decreto n° 39.048/2018 e pela Portaria n° 906/2021. O pagamento é devido mediante comprovação da efetiva execução do serviço, podendo serem estabelecidos requisitos de produtividade como condição para recebimento.