26/04/2022 às 20h01 - Atualizado em 26/04/2022 às 20h10

Secretaria de Saúde antecipa vacinação contra influenza e sarampo

Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade já podem se vacinar contra as duas doenças

JADE DE ABREU, AGÊNCIA SAÚDE-DF

Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade já podem se vacinar contra as duas doenças. Foto Breno Esaki - Arquivo Agência Saúde DF

A Secretaria de Saúde antecipou para esta semana a vacinação contra influenza e sarampo para crianças de 6 meses a menores de 5 anos. Desta forma, pais e responsáveis já podem levar os filhos dessa faixa etária para se imunizar contra as duas doenças. A vacinação contra o sarampo para esse público teria início em 30 de abril, já contra a influenza seria a partir de 3 de maio.

A antecipação atende às famílias que já estão levando os filhos para se vacinar contra outras doenças. "Para que não sejam perdidas as oportunidades de vacinação desse grupo, preferimos adiantar", afirma Fernanda Ledes, gerente substituta de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis e de Transmissão Hídrica e Alimentar.

A gerente substituta ressalta que a medida reforça a vacinação contra o sarampo, que tem diminuído nos últimos anos. "O Ministério da Saúde está fazendo esforços junto à Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para certificar novamente o país (eliminação do sarampo) e esse processo passa por várias etapas".

O público-alvo para a influenza representa 1.086.550 milhões de pessoas do DF e a meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis. Já para sarampo, o público-alvo é de 182.357 crianças no DF e a meta é vacinar 95% dessas crianças.

Neste sábado (30), ocorrerá o Dia D da campanha de vacinação, quando os demais grupos prioritários para ser imunizados contra influenza também vão poder se vacinar. São eles:

  • Gestantes;
  • Puérperas;
  • Povos indígenas;
  • Professores das escolas públicas e privadas;
  • Pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas;
  • Caminhoneiros;
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
  • Trabalhadores portuários;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade.

Os pontos de vacinação são atualizados diariamente e podem ser consultados no site da Secretaria de Saúde