Manuais e ferramentas

1 - Manual de Gestão de Custos - SES/DF

2 - Manual de Gestão de Custo da Atenção Primária a Saúde (APS) - SES/DF (2022)

3 - Manual da Atenção Ambulatorial Secundária (AASE) - SES/DF

4 - Manual de Gestão de Custos da Atenção Hospitalar - SES/DF (2022)

      a) Anexo I - Relação da Padronização dos Centros de Custos para SES/DF

      b) Anexo II - Relação da Padronização dos Itens de Produção para SES/DF

      c) Anexo III - Relação da Padronização dos Itens de Custos e Critérios de Rateio para SESDF

      d) Anexo IV - Relação da Padronização dos Critérios de Rateio dos Itens de Produção e Itens de Custos para SESDF

      e) Anexo V - Critério de Rateio Ponderado do Item de Custo para SES/DF

      f) Anexo VI - Critério de Rateio Ponderado do Item de Produção para SES/DF


5 - Manual de Classificação de Consumo de Materiais (2022)

6 - Manual - ApuraSUS Perfil Gestor de Custos - PNGC (2019)

7 - Livro do Ministério da Saúde e Organização Pan-Americana da Saúde - Introdução à Gestão de Custos em Saúde (2013)

8 - Manual de Importação dos Dados para o ApuraSUS - Adaptado para a SES/DF (2022)

   a) Anexo do Manual de Importação dos Dados para o ApuraSUS - Adaptado para a SES/DF (2022)

 
 

Links
1 - Instrumento de Monitoramento de Desempenho - IMD
O Instrumento de Monitoramento do Desempenho – IMD foi criado em 2016 com o objetivo inicial de acompanhar o andamento das unidades no processo de implantação da Gestão de Custos.
O IMD possibilita uma visão sistêmica do processo, considerando o aumento do número de estabelecimentos de saúde, e implicando na construção de um instrumento que atendesse a esta necessidade da Gerência de Custos Regionais – GEC.

2 - Sistema de Apuração e Gestão de Custos do SUS - ApuraSUS
O sistema de informação e apuração de custos adotado pela SES-DF é o ApuraSUS, um sistema público, desenvolvido pelo Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento, da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde – DESID/SE/MS, para atender diferentes perfis de unidade de saúde em termos de tamanho, estrutura e serviços produzidos na atenção e cuidado à saúde.
A implantação do sistema de custos ApuraSUS em uma unidade de saúde hospitalar, independente do seu nível de complexidade e possibilita estimar os custos, gerando resultados.
O ApuraSUS efetua a apuração de custos pelo método de custeio por absorção, de forma padronizada e estruturada. Identifica os custos dos serviços executados pelos setores da unidade e gera diferentes indicadores.

3 - E-SUS
O e-SUS Atenção Primária (e-SUS APS) é uma estratégia para reestruturar as informações da Atenção Primária em nível nacional. Esta ação está alinhada com a proposta mais geral de reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde, entendendo que a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população.
O e-SUS é sistema utilizado como fonte primária para levantar a produção das Unidades Básica de Saúde – UBSs, na SES-DF.